Quem Somos

O Projeto Segunda Chance é uma Associação de proteção animal que realiza o trabalho de recuperação física e emocional de cães e gatos vítimas de abandono e maus tratos e posterior encaminhamento para adoção.

Suas fundadoras atuam de forma independente no resgate e proteção desde 2003 e trouxeram sua experiência e compaixão na criação da Associação Projeto Segunda Chance em sua fundação, em 2011.

Quem Somos

O Projeto Segunda Chance é uma Associação de proteção animal que realiza o trabalho de recuperação física e emocional de cães e gatos vítimas de abandono e maus tratos e posterior encaminhamento para adoção.

Suas fundadoras atuam de forma independente no resgate e proteção desde 2003 e trouxeram sua experiência e compaixão na criação da Associação Projeto Segunda Chance em sua fundação, em 2011.

Pedidos de Resgates

Atuamos na cidade de São Paulo e região de Sorocaba e Itu, no Estado de São Paulo.

Nossa capacidade máxima de atendimento é de 100 animais.

Atualmente estamos cuidando de 120 animais, acima da nossa capacidade e
desta forma estamos impossibilitadas de fazer novos resgates e atender pedidos.

Somos uma Associação sem fins lucrativos e dependemos exclusivamente de doações para manter nossos animais.

Não recebemos colaboração de governo nem de empresas e as doações que recebemos não cobrem nem 5%
das despesas. Nossos animais são mantidos quase exclusivamente com o salário de 2 dirigentes.





Resgate e recuperação de um animal abandonado:


Resgatar e recuperar um animal abandonado é um processo que exige tempo, amor e caridade pois envolve
a recuperação emocional e física dos animais, e possui custos com produtos e serviços.

Veja todas as etapas abaixo:



O que fazer ao encontrar um animal em necessidade?


• Procurar orientação com protetores e associações em sua cidade;

• Retirar o animal da situação de abandono ou maus-tratos;

• Levar o animal para atendimento veterinário;

• Seguir as orientações do médico veterinário;

• Cuidar deste animal até sua recuperação, provendo moradia adequada,
vermifugação, vacinação e castração/ esterilização;

• Buscar um lar definitivo adequado para o animal;

• Acompanhar a adoção a fim de evitar novo abandono.





O papel das associações e ONGs


• Pessoas criam associações sem fins lucrativos para viabilizar a ajuda aos mais necessitados.

• Estas associações dependem de doações financeiras para prestar o atendimento aos necessitados: sem doações não há atendimento.

• Associações tem uma capacidade máxima de atendimento de acordo com o que recebem de doações.

• No Brasil estima-se que há mais de 20 milhões de animais abandonados. Não há Associações e ONGs suficientes para resgatar e cuidar de todos eles.







O problema do abandono de animais


Abandono é cruel em todas as suas formas, seja de animais, de crianças, de idosos e de quem mais,
na exclusiva dependência de um ser humano, viva a ameaça de um dia ser descartado.

Nunca, em tempo algum, seremos facilitadores desse ato covarde, do mais forte abandonando o mais fraco quando ele não lhe serve mais.




Doe quanto puder!

Todos juntos somos fortes.





frase